sábado, 2 de janeiro de 2010

Eu sou Água.
Sou o Oceano que abraça a profundidade e o fôlego do mundo.
Eu sou as profundezas indizíveis, o mistério não revelado, o eco das idades amarando na costa da Consciência Colectiva; do Espírito.
Sou parte do que É, Foi e Será.
Eu Sou Água.
Sou a torrente e a força do propósito.
Sou a correnteza irresistível conduzida pela força da pura vontade do coração.
Eu Sou Água.
Eu Sou Lágrimas.
Eu vivo na melancolia e na alegria.
Eu sou o caminho interior, o paradoxo, e vivo na cura como na dor.
Eu Sou Água e sou eu que anseia por se escoar em ti.
EU Sou...Mulher!

Sem comentários:

Enviar um comentário